Avó faz boneca sem antebraço para neta com deficiência se sentir representada

Avó faz boneca sem antebraço para neta com deficiência se sentir representada

O amor de avó é a coisa mais linda! Para que sua netinha se sentisse representada, a avó Toni, de 57 anos, fez uma boneca sem o antebraço. Remi, de apenas 1 ano e 5 meses, nasceu sem o membro e não encontrava brinquedos que se identificasse no Reino Unido, onde vive com a família.

A boneca ganhou o nome de Dolly e virou a xodó da menininha. E da família toda:

“Foi ótimo ver Remi ter um brinquedo que a representa. É sob medida e muito especial. Não há muito no mercado aqui no Reino Unido”, disse a mãe, Sarah Blackburn, 29.

diagnóstico

Sarah foi informada em seu exame de 20 semanas de gravidez que seu bebê nasceria sem o antebraço direito.

“Ficamos tão preocupados porque não sabíamos o que isso significaria para a vida dela”, lembrou a mãe.

“Eu sabia que havia algo errado quando o ultrassonografista ficou quieto. É um daqueles momentos que você nunca vai esquecer. Quando saímos do exame, comecei a chorar. Durante toda a viagem de carro para casa, não pude deixar de pensar “foi algo que fiz?”, desabafou a mãe.

Mas, as preocupações desapareceram quando Remi nasceu em 29 de abril de 2021 no Royal Berkshire Hospital. Os médicos disseram aos pais que a diferença nos membros de Remi não faria nenhuma diferença em seu desenvolvimento.

“Foi um alívio sentir que ela era apenas um bebê normal, o que ela é”, disse Sarah.

A ideia da boneca

A ideia de fazer a boneca partiu da própria avó de Remi, quando ela tinha apenas 8 meses de vida.

Hoje, a Dolly não é apenas uma boneca, mas é a melhor amiga da menina.

A mãe contou que ela carrega o brinquedo para todos os lados: mercado, parque, escola… em tudo a Dolly está junto.

“Dolly vem com a gente e até o irmão dela, Rory, gosta de brincar com ela – claro, quando Remi deixa” (rs)

“Embora seja incrivelmente doce para Remi ter [a boneca], eu gostaria que houvesse mais diversidade em brinquedos para bebês e crianças”.

Taí o pedido de uma mãe! Que mais bonecas e brinquedos possam incluir todas as crianças!

Fonte: sonoticiaboa.com.br

Sobre Comunicação Catânia Studio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Secured By miniOrange