Robôs estão sendo usados para tratar ansiedade e depressão

Robôs estão sendo usados para tratar ansiedade e depressão

De acordo com o estudo AI @ Work, desenvolvido pela Oracle e pela consultoria de RH Workplace Intelligence, 82% das pessoas acreditam que os robôs podem ser mais eficientes do que terapeutas humanos para ajudá-las com sua saúde mental. Além disso, quase 800 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem com algum sintoma de doença mental.

“Existe um estigma por trás da saúde mental em todo o mundo. Ao falar sobre estresse, ansiedade ou depressão com seus líderes, os funcionários vão se conter. As pessoas não procuram ajuda de humanos porque não querem ser julgadas”, disse Dan Schawbel, fundador e sócio-gerente da Workplace Intelligence à pesquisa.

A partir disso, nos Estados Unidos, 68% das pessoas preferem falar com um robô em vez de seu gestor sobre estresse e ansiedade. “Não temos um bilhão de terapeutas no mundo, então precisamos de tecnologia”, disse Schawbel. “Mas não existem robôs substitutos para um dos maiores valores que os terapeutas humanos oferecem: a empatia humana. Os robôs ainda não podem fazer isso.”

Fonte: Opinião & Crítica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *